Mauro Bonamino Grupo se apresenta nesta sexta-feira no Bar do Taveira,

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Com melhor do chamamé, Mauro Bonamino se apresenta nesta sexta-feira, em Campo Grande. A apresentação acontece a partir das 20 horas, no Bar do Taveira. O convite pode ser comprado antecipado por 20 reais. Mais informações pelo telefone (67) 9 8421-7141.

Sobre Mauro Bonamino

A partir da conjunção do acordeonista Mauro Bonamino (Ituzaingó Corrientes), o guitarrista Samuel Rodríguez (Lanteri, Santa Fe), Federico Mayuli (Paso de Libres, Corrientes) e a cantora e artista Marta Toledo (Saladas, Corrientes) nasceu em 2015, o Grupo Mauro Bonamino.

Este projeto artístico apresenta um repertório com versões próprias dos clássicos Chamame, instrumentais e cantados, além dos trabalhos composta pelo acordeonista. Depois de atravessar a primeira experiência no continente europeu, espalhando o Chamame, em visita à França, País Basco, Espanha e Portugal, enfrenta o realização do primeiro trabalho de registro com esta nova formação.

“Mauro Bonamino Grupo” busca equilíbrio, mergulhando no passado da música dos Costa argentina abrindo seus sentidos para uma nova paleta de cores, propondo além de chamameceras, clássicos instrumentais e cantados, composições com ares renovadores firmemente mantidos na raiz da música de nossa região.

De uma grama, do rio, do coração da costa ou se você quiser dos mais sabor profundo de um companheiro que se liga ao pôr do sol, nasce essa música cativante que, de uma maneira impressionante, mas não surpreendente, emerge das fendas do tempo para crescer furtivamente no universo musical desses tempos abrindo caminho no eternidade.

“Para nós, essa é a causa, proteger e exaltar esse dom sagrado que nos daria tribo guarani, para passar pela magia criativa de nossos avós. Vamos aproveitar a alegria de ser chamameceros. Baseamos este projeto nos mais desejo sincero de crescimento, na necessidade fisiológica de superação e constante busca pela singularidade neste gênero centenário que começa a acolher novas gerações de músicos, cantores e compositores.”, diz o músico.